top of page

PUBLICIDADE

educacao.gif

Notícias

Artesãos participam de palestras promovidas pela Setur-MA


Para fortalecer o artesanato maranhense, cerca de 120 artesãos participaram das primeiras ações das “Expedições de Turismo” no Polo Chapada das Mesa, região sul do Maranhão. As palestras e o cadastramento visam promover a cultura da cooperação e despertar o empreendedorismo na categoria. A programação é promovida pela Secretaria de Estado do Turismo (Setur-MA), por meio da Coordenação Estadual do Artesanato do Maranhão.


Para a secretária de Estado do Turismo, Socorro Araújo, o artesanato deve ser aprimorado através de cursos de qualificação. “O artesão possui uma grande força empreendedora e essas palestras se apresentam como uma oportunidade para expandir ainda mais o potencial desse público. Estamos sempre capacitando os artesãos e é muito importante eles estarem antenados com os benefícios das políticas públicas ao adquirirem a carteira do artesão”, exemplificou.


Durante o primeiro dia de evento (11/09), foram abordados o papel da Secretaria de Turismo e a ligação entre o artesanato e o segmento turístico. Também foram apresentadas as “Políticas Públicas do Governo do Estado”, “Base Conceitual da Carteira do Artesão” e a “Diferença entre Artesanato e Trabalho Manual”.


Aproximadamente 50 trabalhadores, que produzem arte de forma manual, puderam requerer a Carteira Nacional do Artesão, fornecida pelo Programa do Artesanato Brasileiro (PAB). Além disso, os artesãos que estavam com o cadastro vencido puderam atualizar.


“O evento foi maravilhoso, de muito aprendizado, com compartilhamento de informações e conhecimento. Tivemos ação com o cadastro para a formalização e obtenção da Carteira Nacional do Artesãos para quem ainda não tinha ou precisa renovar. Temos certeza que o conhecimento nos faz mais fortes, mais conscientes de quem somos e como temos que seguir para alcançar o melhor em nossa atividade de artesãos”, explica Simone Fonseca, presidente do Centro de Artesanato de Imperatriz - Assari.


A presidente do Assari, Simone Fonseca, disse ainda que, em Imperatriz, são em média 600 artesãos. Deste total, 332 são cadastrados na Associação dos Artesãos de Imperatriz - Assari, e outros atuam de forma desvinculada da associação.


Segundo o artista visual e turismólogo, Enoque Silva, o artesanato maranhense é riquíssimo em essência, ancestralidade, influências, principalmente étnicas, da colonização até os dias atuais, e a atualização dos profissionais se faz necessária.


“Os artesãos maranhenses estão sendo atualizados sobre as exigências de mercado, as linhas conceituais de artefatos, peças de decoração, aprimoramento dos detalhes, finalização do design contemporâneo sem descaracterizar a essência e originalidade da produção e para que sejam inseridos num uso, principalmente urbano”, comenta Enoque Silva.


No encerramento (12/09), os artesãos de Imperatriz, João Lisboa, Governador Edison Lobão e Açailândia puderam participar da consultoria coletiva do coordenador Estadual do Artesanato do Estado, Carlos Martins, da Setur-MA. Os artesãos também já participaram da roda de conversa, onde reconheceram aspectos relacionados à identidade, qualidade e inovação no artesanato com foco no mercado em que atuam.


“O turismo é dinâmico, precisamos conhecer a realidade, conceituar e planejar para obtermos a meta de consolidar o Maranhão como melhor destino brasileiro. Entendemos que o segmento do artesanato é importante para o país e para o Maranhão e que ele é um grande gerador de renda. O governador Carlos Brandão nos deu a missão de, junto com os artesãos, fortalecer o artesanato local e regional”, afirmou Carlos Martins.


Carteira Nacional do Artesão: direitos e benefícios


A carteira do artesão é direcionada para artesãs e artesãos individuais, associações e grupos de produção que estão presentes no município. Com a aquisição da carteira do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), em primeiro lugar, ocorre a regularização profissional, depois, garante direitos trabalhistas ao artesão, pois é um documento gratuito que tem abrangência nacional e local, oferece diversos benefícios como: oportunidade de participar de feiras locais e nacionais, oficinas, cursos na área, dá acesso à nota fiscal, além de possibilitar que o artesão possa contribuir como autônomo para fins previdenciários e federação.


Programa Artesanato no Maranhão


Criado pelo Governo do Estado, o programa tem a finalidade de fortalecer e fomentar o desenvolvimento do artesanato maranhense de forma integrada ao turismo, visando a melhoria das condições de vida do artesão e preservando os aspectos culturais e ambientais do Estado.


A Carteira Nacional do Artesão é emitida gratuitamente e entregue ao beneficiário. Os artesãos precisam levar três peças de sua autoria e uma para confecção no ato da avaliação. Também é necessário apresentar cópia do RG, CPF, comprovante de residência e uma foto 3×4. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail artesaosmaranhenses@gmail.com e telefone (98) 98506 3466.


Informação: Turismo MA

0 comentário

Σχόλια


site_marencanto.png
Senai_Futuro_Digital.jpg
site_marencanto.png
WebBanner_300x300_Buriti.jpg
bottom of page