top of page

PUBLICIDADE

educacao.gif

Notícias

Assento do piloto mexeu ‘sem querer’ e fez Boeing da Latam cair 120 metros, aponta investigação

Atualizado: 19 de abr.

Acionamento, sem intenção, fez o comandante ser empurrado para a frente, esbarrando no controle do avião, o que acabou levando o nariz da aeronave para baixo



Um movimento involuntário realizado no assento do comandante fez um Boeing 787 da Latam cair 120 metros num voo entre a Austrália e a Nova Zelândia, aponta o relatório preliminar sobre o incidente que ocorreu em 11 de março. Havia 263 passageiros a bordo e nove tripulantes.


Cerca de 50 receberam primeiros socorros e 13 se feriram, entre eles dois brasileiros. O problema ocorreu em um botão na parte de trás do assento da aeronave. Esse botão, exclusivo desses modelos, move o banco para a frente e para trás.


O acionamento, sem intenção, fez o piloto ser empurrado para a frente, esbarrando no controle do avião, o que acabou levando o nariz da aeronave para baixo. Entretanto, o documento não aponta quem teria acionado o botão involuntariamente.


O dispositivo é protegido por uma tampa para que ele não seja movido por acidente.


O jornal The Wall Street Journal apontou em março que poderia ter sido causado pelo esbarrão de uma comissária. A investigação completa ainda não tem prazo para ser concluída.


No mesmo mês, como medida de precaução, a Boeing pediu a todas as operadoras do modelo 787 Dreamliner, o envolvido no incidente, para inspecionarem os botões de assento da cabine dos pilotos.


No momento, estão sendo analisados os dados da caixa-preta, com os gravadores de voz e de voo. A Boeing, fabricante do avião, será ouvida. A Latam também não comentou as conclusões do relatório preliminar


Fonte: Jovem Pan / Reprodução

0 comentário

Comments


site_marencanto.png
Senai_Futuro_Digital.jpg
site_marencanto.png
WebBanner_300x300_Buriti.jpg
bottom of page