top of page

PUBLICIDADE

educacao.gif

Notícias

Conheça os dois destinos no Brasil que estão no ranking dos melhores do mundo do ‘New York Times’

O famoso jornal americano ‘New York Times’ elegeu no ano passado os 52 melhores destinos no mundo que valem a pena você conhecer, e dois deles ficam no Brasil. Veja aqui quais são.


A lista dos 52 melhores locais para se visitar, divulgada anualmente pelo jornal ‘New York Times’, em sua edição do ano passado, inclui dois destinos brasileiros dignos de beleza. São eles: O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e Manaus, que foram eleitos nas 11° e 41° posições, respectivamente.


Te apresentamos abaixo esses lugares incríveis, de paisagens naturais encantadoras para você curtir em casal ou com a família. Veja.


Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses


Segundo o jornal, o grande atrativo do local são as dunas de areias brancas, com as piscinas naturais descritas como "sobrenaturais". Você pode caminhar pelas dunas, mergulhar nos lagos, atravessar a área a cavalo ou ter a experiência de sobrevoar de helicóptero para ficar "hipnotizado por sua imensidão", conforme palavras dos especialistas do jornal.


Os Lençóis Maranhenses, localizados no noroeste do estado do Maranhão, a 250 km da capital São Luís, atraem turistas do mundo todo em busca do fenômeno único das lagoas de águas cristalinas entre as dunas.

O Parque é o destino perfeito para aqueles que buscam aventura e contemplação da natureza! Mas vá sabendo que é uma região em que faz bastante calor e com alta incidência de raios solares. Então é bom andar com roupas confortáveis, leves e de cores claras, usar chapéu ou boné para se proteger do sol, se hidratar bastante e usar filtro solar no corpo.


Como já falamos, você pode se refrescar nas lagoas de água cristalina e ter a experiência única de observar o pôr-do-sol dali mesmo. Não será difícil cair de amores pelo destino! Além disso, há opções no local de passeios fora de estrada em veículos 4x4 especialmente adaptados para percorrer o terreno arenoso e alagado da restinga.


O melhor período para visitar o Parque vai de maio a setembro, quando as lagoas estão com o nível de água máximo após o período chuvoso, mas a unidade está aberta a visitação o ano inteiro.


Você também pode fazer piqueniques nas áreas abertas à visitação (a entrada no Parque é gratuita), praticar esportes náuticos e passeios de bicicleta. Há dois circuitos que podem ser feitos: no circuito Lagoa Bonita é possível ver pelo menos 8 lagoas passando por trilhas e escaladas entre as dunas; e no circuito da Lagoa Azul, você passa por 6 lagoas após percorrer as dunas de jardineiras (caminhonetes adaptadas com assentos na parte traseira).


Manaus (Amazonas)

Capital do estado do Amazonas, Manaus se destaca para os especialistas do jornal, entre outras coisas, pelos ingredientes amazônicos usados nas comidas tradicionais. "Você pode saborear cabaças fumegantes de tacacá em uma barraca em frente ao Teatro Amazonas ou passar por garrafas plásticas de tucupi, o suco espremido da mandioca ralada, no Mercado Municipal Adolpho Lisboa", dizem.


Da complexa biodiversidade amazônica à agitada vida urbana em meio a prédios e monumentos históricos, Manaus reflete uma atmosfera ímpar em suas diversas manifestações culturais. Destacam-se aqui o Teatro Amazonas e o Mercado Municipal Adolpho Lisboa.


A gastronomia é rica em peixes e frutos regionais que podem ser degustados nos vários restaurantes da cidade. À noite, você pode aproveitar o agito dos bares, pubs e casas noturnas.


Não podemos deixar de falar da Praia da Ponta Negra, um local muito frequentado nos finais de semana, quando a população e turistas vão desfrutar da areia quente e da água morna. Além disso, através de passeio de barco é possível apreciar o famoso Encontro das Águas, confluência entre as águas escuras do Rio Negro com a força das águas barrentas do Rio Solimões.


Navegando também chega-se ao Arquipélagos de Anavilhanas, onde é possível vivenciar o mergulho com o boto cor-de-rosa, animal símbolo da região, entre outros encantos naturais. Na Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Tupé, por exemplo, você encontra um santuário natural preservado, distante a apenas 25 minutos, por via fluvial, de Manaus. Vale a pena conhecer!


Informação: Tempo

0 comentário

Comments


site_marencanto.png
Senai_Futuro_Digital.jpg
site_marencanto.png
WebBanner_300x300_Buriti.jpg
bottom of page