top of page

PUBLICIDADE

educacao.gif

Notícias

Dez cidades recebem certificados DTI em Transformação

O anúncio aconteceu durante o Salão Nacional do Turismo, que reuniu em Brasília as principais experiências turísticas brasileiras



O Ministério do Turismo entregou para dez destinos turísticos brasileiros o certificados DTI em Transformação. As cidades de Foz do Iguaçu (PR), Goiânia (GO), Ponta Grossa (PR), Santos (SP), Joinville (SC), Vila Velha (ES), Fortaleza (CE), São Luís (PI), Gramado (RS) e Bonito (MS) cumpriram todas as etapas previstas no edital do MTur e, agora, são consideradas destinos turísticos em transformação. A cidade de Belo Horizonte (MG) também foi contemplada pela iniciativa própria de desenvolver um plano de transformação seguindo a metodologia DTI Brasil. O anúncio aconteceu durante a Oficina DTI Brasil, realizada no Salão Nacional do Turismo.


Nos últimos seis meses, os locais certificados passaram por capacitações sobre a metodologia DTI Brasil em parceria com o Instituto Ciudades del Futuro. O objetivo foi desenvolver um Plano de Transformação, abrangendo os 105 requisitos distribuídos nos nove eixos estratégicos do Modelo DTI Brasil: governança, acessibilidade, segurança, inovação, promoção e marketing, mobilidade e transporte, tecnologia, criatividade e sustentabilidade.


Para o próximo ano, os destinos certificados têm a responsabilidade de colocar em prática as ações e iniciativas contidas em seus planos de transformação. Caso cumpram com os requisitos mínimos obrigatórios, receberão o selo de DTI Brasil, indicando padrões internacionais de inteligência turística. Os benefícios da Rede DTI abrangem o intercâmbio de práticas bem-sucedidas, o fortalecimento da governança e a promoção conjunta.


NO SALÃO - A oficina DTI Brasil foi realizada em parceria com o Sebrae com o intuito de compartilhar insights sobre a transformação em andamento nas localidades turísticas do Brasil. Durante o encontro, onde foi anunciada a certificação, autoridades públicas presentes compartilharam suas experiências após integrarem a Rede de Destinos Turísticos Inteligentes, destacando benefícios como a melhoria da experiência dos visitantes e a qualidade de vida dos residentes locais. Também enfatizou-se a necessidade de ações conjuntas entre o setor público, a iniciativa privada e os agentes de turismo.


Estiveram presentes representantes do Instituto Ciudades del Futuro, parceiro crucial do Ministério do Turismo no desenvolvimento da metodologia, além das cidades que compõem a Rede DTI. A Diretora de Planejamento, Inteligência, Inovação e Competitividade no Turismo, Bárbara Blaudt, também marcou presença, ressaltando o compromisso com a transformação positiva do setor turístico brasileiro.

0 comentário

Σχόλια


site_marencanto.png
Senai_Futuro_Digital.jpg
site_marencanto.png
WebBanner_300x300_Buriti.jpg
bottom of page