top of page

PUBLICIDADE

educacao.gif

Notícias

Dia Mundial do Turismo: confira lugares para visitar no Maranhão

No dia 27 de setembro é comemorado o Dia Mundial do Turismo, uma data que, no Brasil, destaca a importância do setor para o desenvolvimento econômico e cultural do país. Nessa ocasião especial, o Aeroporto Internacional de São Luís, administrado pela CCR Aeroportos, e que é porta de entrada para as maravilhas do Maranhão, convida você a descobrir cinco lugares encantadores para visitar no estado e aproveitar o que essa terra cheia de encantos tem a oferecer.


“O Maranhão dispõe de belezas naturais ímpares, com todas as características que só o Nordeste possui. A capital maranhense, Lençóis Maranhenses e Chapada das Mesas, por exemplo, têm sido roteiros certos de muitos passageiros, que desembarcam no Aeroporto de São Luís”, declarou o gerente do terminal, Marcelo Angelim.

Lençóis Maranhenses – O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é composto por dois terços de dunas, criando um contraste único entre a areia e a água. A maneira mais prática de chegar ao parque é voar para São Luís e seguir viagem por terra. Após desembarcar no Aeroporto Internacional de São Luís, o viajante pode pegar a estrada em direção a Barreirinhas ou Santo Amaro do Maranhão. O percurso é de aproximadamente quatro horas de carro por uma estrada asfaltada.

São Luís – A capital do Maranhão tem seu centro histórico preservado, além de conhecido como o maior conjunto de arquitetura colonial das Américas. As belas ruas de paralelepípedos, casarões coloridos e azulejos portugueses tornam a cidade encantadora.


A ilha, além de já ter sido enaltecida por poetas, escritores e cantores, já recebeu vários apelidos, entre eles: Ilha Grande, Ilha do Amor, Ilha Rebelde, Ilha Magnética, Ilha Bela, Cidade dos Azulejos, Jamaica Brasileira e Atenas Brasileira.


A cidade é a única capital brasileira fundada pelos franceses, ocupada também por portugueses e holandeses, foi batizada pelos índios Tremembés no início de sua fundação, em 1612, com o nome “Upaon-Açu”, que em Tupi-Guarani significa “Ilha Grande”.


Alcântara – Alcântara é uma cidade histórica que preserva sua arquitetura colonial e testemunha a grandeza do passado. Visitar seus casarões e igrejas seculares é fazer uma viagem no tempo.


Delta do Parnaíba – Na divisa entre o Maranhão e o Piauí, há o Delta do Parnaíba, com sua beleza natural e selvagem. São cerca de 12 quilômetros no labirinto das ilhas do Delta, pelo rio Parnaíba, no Oceano Atlântico. O ponto de encontro das águas salgadas e doces é bem marcado: uma linha que divide o rio do mar. Além da divisão de águas, é possível contemplar, também, a divisa dos estados: à oeste, a Ilha dos Poldros e o início do território do Maranhão. A leste, a Praia do Pontal, os primeiros centímetros de Piauí.

Santuário de Pedra Caída, Chapada das Mesas e cachoeiras em Carolina – Carolina é uma cidade no sul do Maranhão. Ela sedia o santuário de Pedra Caída, que se localiza na zona rural do município. Já a Chapada das Mesas abrange Carolina, além de Estreito, Riachão e Imperatriz. A região tem paisagens magnificas com cachoeiras, lagoas e uma natureza perfeita para a prática de atividades como trilhas e tirolesa.


Informação: Assessoria de Comunicação

0 comentário

Kommentare


site_marencanto.png
Senai_Futuro_Digital.jpg
site_marencanto.png
WebBanner_300x300_Buriti.jpg
bottom of page