top of page

PUBLICIDADE

educacao.gif

Notícias

Embratur e ABAV reforçam parceria para promover o turismo brasileiro no mercado internacional

Marcelo Freixo se reuniu com a nova presidente da ABAV Nacional, Ana Carolina Medeiros, em Brasília



A Embratur e a Associação Brasileira de Agências de Viagem (ABAV) irão reforçar a parceria para atrair operadores internacionais com foco em promover o turismo brasileiro em diversos países. O presidente da Agência, Marcelo Freixo, se reuniu com a nova presidente da ABAV Nacional, Ana Carolina Medeiros, e a diretora executiva da Associação, Jerusa Hara, nesta terça-feira (6), em Brasília, para discutir as ações conjuntas.


Visando o mercado internacional, a ABAV Nacional promove anualmente o maior evento do mercado do turismo brasileiro, a ABAV Expo. Apoiada pela Embratur, a feira é uma importante oportunidade para gerar negócios com compradores internacionais, promovendo o destino Brasil.


“Vamos fortalecer cada vez mais a nossa parceria para apresentar os atrativos do País para os viajantes internacionais. A ABAV é uma parceira decisiva para desenvolver o setor turístico brasileiro”, afirmou o presidente da Embratur, Marcelo Freixo, que estava acompanhado na reunião da diretora de Marketing Internacional, Negócios e Sustentabilidade da Agência, Jaqueline Gil.


Neste ano, a 51ª edição da ABAV Expo será em Brasília, entre os dias 25 e 27 de setembro. “Com o apoio da Embratur, vamos atrair os principais players do setor, gerando inúmeras possibilidades de negócios para o Brasil”, destacou Ana Carolina Medeiros. O evento conta com mais de dois mil expositores e espera receber mais de 42 mil participantes na edição de 2024.


A diretora executiva da Associação, Jerusa Hara, lembrou que em 2023 houve um aumento surpreendente na busca por destinos brasileiros. Dados do Banco Central, divulgados nessa segunda-feira (5), revelam que os turistas internacionais deixaram US$ 6,9 bilhões (R$ 34,5 bilhões) no Brasil no ano passado.


O valor é um recorde e supera em 1,5% a maior arrecadação com o turismo internacional, registrada em 2014, ano que o país sediou a Copa do Mundo de futebol. “Precisamos de incentivos para que as pessoas venham para o Brasil conhecer nosso turismo”, finalizou Hara.


Informação: Embratur

0 comentário

Comentários


site_marencanto.png
Senai_Futuro_Digital.jpg
site_marencanto.png
WebBanner_300x300_Buriti.jpg
bottom of page