top of page

PUBLICIDADE

educacao.gif

Notícias

Feira de Destinos Inteligentes é aberta em Curitiba-PR com participação de comitiva do Maranhão

Apoiados pelo Sebrae, maranhenses participam da FIDI, espaço para boas práticas de governança e gestão turística articulada à tecnologia, sustentabilidade e inovação.



Trocar informações e compartilhar boas práticas de gestão turística. Fortalecer o turismo como fator de crescimento, articulado com preceitos de sustentabilidade e com um modelo de atuação que gere impactos e transformações para as pessoas, antes de tudo.



Com esse espírito, foi aberta oficialmente nesta segunda-feira (18/03), no Memorial Cidade de Curitiba, a Feira Internacional de Destinos Turísticos Inteligentes – FIDI. Desde domingo (17), o evento movimenta a cidade, atraindo público bastante expressivo.


Na abertura, o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, destacou a importância de compartilhar o modelo praticado na capital paranaense. “O que queremos é que Curitiba faça a diferença para todo o Brasil. Tudo o que conquistamos, queremos compartilhar com todos os brasileiros e é por isso que fizemos questão de proporcionar esse congresso reunindo as comunidades turísticas do País e ibero-americana”, disse ele.


Participação do Maranhão


A FIDI tem a participação de dez instituições do Maranhão, apoiadas pelo Sebrae, em missão técnica à cidade mais inteligente do mundo, segundo o World Smart City Awards, reconhecimento concedido a Curitiba em 2023, pela Fira Barcelona (Espanha).



Do Maranhão, participam representantes da ABIH/MA, Abav/MA, Fiema, Sehama, ASLIT, Senac e Fecomércio; do Conselho Municipal de Turismo de São Luís, da Câmara Empresarial de Turismo da Fecomércio – MA e da Instância de Governança do Polo São Luís – IGR. E, ainda, os secretários de Turismo de São Luís, Saulo Ribeiro; de Paço do Lumiar, Biné Amado; e de Barreirinhas, Mari Lençóis. O grupo reúne ainda consultores, técnicos do Sebrae e das secretarias de Turismo de São Luís, do estado e de Barreirinhas e jornalistas (Portal e blog Cazumbá).

Para o secretário de Indústria, Comércio e Turismo de Paço do Lumiar e também presidente da Instância de Governança do Polo São Luís, Biné Amado, a participação na Feira é um marco. “Identificamos uma série de iniciativas e boas práticas que serão muito úteis como exemplo de ações que desejamos levar para a nossa cidade de Paço do Lumiar”, frisou ele, ressaltando o papel das IGR’s. “São mais de 300 em todo o Brasil, atuando no desafio que é desenvolver, qualificar e promover destinos e atrativos turísticos, ajudando a consolidar essa vocação do nosso país e do Maranhão”, pontuou.


Programação – Em seu primeiro dia, a FIDI foi marcada por uma programação técnica abrangente e diversificada. Ações e programas de planejamento urbano voltados ao crescimento socioeconômico, sustentabilidade e os pilares e metodologias para que as cidades se tornem destinos turísticos inteligentes estiveram em evidência em debates, palestras e apresentações técnicas que mobilizaram mais de 800 pessoas.



Destaque para o Programa DTI de Curitiba, abordado em palestra proferida por Tatiana Turra, presidente do Instituto Municipal de Curitiba. E também para o Programa Paraná Mais Turístico, detalhado por Yuri Lobo, da secretaria estadual de Turismo, durante a palestra Oportunidades para o turismo inteligente no estado do Paraná. E, ainda, para a presença de Milton Zuanazzi (secretário Nacional de Planejamento, Sustentabilidade e Competitividade do Turismo do Ministério do Turismo), que discorreu sobre “A política de turismo e o modelo DTI Brasil”, enfatizando avanços e desafios.


Outro momento importante na programação da Feira, foi o “Painel de Acesso a Crédito Público para o Turismo”, na sede da Associação Comercial do Paraná (ACP). O evento foi organizado pelo Instituto Ciudades del Futuro, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Sebrae, com apoio do Sebrae Paraná.


Seguido de Rodada de Crédito com municípios integrantes do programa Turismo Futuro Brasil, o painel teve presença de representantes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Caixa, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Banco da Amazônia e BID. Teve, participações de Ana Clévia Guerreiro, coordenadora de Turismo do Sebrae, e de Giovanni Beviláqua, coordenador de Acesso a Crédito e Investimentos do Sebrae Nacional, que atuou como moderador.


FIDI: debatendo o futuro do turismo


A edição 2024, marca a volta da FIDI ao formato presencial. Curitiba sedia a edição deste ano por ser referência nacional e internacional em planejamento urbano, qualidade de vida e no turismo articulado com a sustentabilidade, acessibilidade, inclusão, inovação e o bem-estar das pessoas.

As atividades da feira este ano tiveram início no domingo (17), com um tour dos participantes pelos principais destinos de Curitiba: Jardim Botânico, Mercado Municipal, Museu Oscar Niemeyer, Memorial Paranista e Memorial de Curitiba.



O evento reúne profissionais, empresários, agentes públicos e privados, empreendedores, estudantes e organizações não-governamentais do Brasil e do exterior, palestrantes nacionais e internacionais, cases de sucesso relativos a destinos turísticos inteligentes, entre estes as 12 cidades selecionadas pelo Sebrae e Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, no programa Turismo Futuro Brasil, grupo que inclui São Luís.


O evento é organizado pela empresa Cidades do Futuro, criada pelos membros do Instituto Cidades do Futuro da Argentina, entidade líder na implementação do modelo de destino em turismo inteligente na América Latina.


Informação: Sebrae MA


0 comentário

Komen


site_marencanto.png
Senai_Futuro_Digital.jpg
site_marencanto.png
WebBanner_300x300_Buriti.jpg
bottom of page