top of page

PUBLICIDADE

educacao.gif

Notícias

Imesc divulga estudo sobre o São João do Maranhão


“São João do Maranhão: tradições das festas juninas”, esse é o título do estudo realizado pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), lançado na última terça-feira (30). O estudo aborda os aspectos culturais das festividades juninas no Maranhão, bem como a religiosidade, os arraiais e as questões econômicas desse período festivo no estado, que pode ser considerado um dos principais do calendário maranhense.


A publicação apresenta as raízes das festividades juninas, a história dos santos, as danças, as brincadeiras e os arraiais. De acordo com o estudo, a origem das festividades juninas está ligada às homenagens aos deuses da natureza e da fertilidade, que ocorriam até mesmo antes do cristianismo. Introduzidas no Brasil pelos portugueses, as festas acontecem em diversas regiões do país com características particulares devido às influências europeias, sertanejas, indígenas e africanas.


Hoje, as festividades juninas são símbolo da identidade territorial do Maranhão. Promovem a união e o reconhecimento da coletividade, sensações e emoções vividas em conjunto, que valorizam e definem as raízes regionais. O Maranhão tem uma abundância de festividades, são muitos ritmos e sotaques que celebram os santos juninos nos arraiais e tornam o São João no Maranhão um dos momentos de maior atratividade para o turismo, oportunidade na qual os investimentos públicos buscam estimular o setor cultural e contribuir para a geração de emprego e renda.


Em 2023, o setor turístico apresentou alta de 39% no período junino. Além disso, 94% dos turistas fizeram uma boa avaliação das festividades e apresentaram interesse de retornar ao Maranhão. Entre os principais fatores que ajudam a explicar o sucesso do São João, pode-se mencionar a duração das festividades; a expansão dos investimentos para mais de dois terços dos municípios; a divulgação do São João do Maranhão 2023 em outros estados, entre outros.


Para o presidente do Imesc, Dionatan Carvalho, a movimentação econômica do São João do Maranhão 2023 reforça a importância das festas juninas para a economia do estado. “Em todo o país, a estimativa de movimentação econômica das festas juninas foi de cerca de R$ 6 bilhões, de acordo com o Ministério do Turismo. A cada ano que passa, a economia da cultura se consolida como uma força matriz no desenvolvimento econômico. Nesse sentido, a continuidade dos investimentos públicos no São João, bem como em outros eventos culturais, se mostra assertiva, haja vista os empregos e a renda gerados no período”, enfatizou.


Mais informações sobre os santos do período junino, as danças e brincadeiras apresentadas no São João do Maranhão, as misturas de ritmos das companhias folclóricas e os principais arraiais do governo estadual no São João do Maranhão estão disponíveis no site do Imesc: https://imesc.ma.gov.br/portal/Home


Informação: Imesc



0 comentário

コメント


site_marencanto.png
Senai_Futuro_Digital.jpg
site_marencanto.png
WebBanner_300x300_Buriti.jpg
bottom of page