top of page

PUBLICIDADE

educacao.gif

Notícias

Israel exigirá autorização eletrônica para entrada de turistas brasileiros

O governo de Israel divulgou novas regras para os viajantes, incluindo turistas brasileiros que quiserem visitar o país. A partir de agosto de 2024, visitantes de países isentos de visto, como o Brasil, serão obrigados a obter uma Autorização Eletrônica de Viagem (ETA-IL) para poder entrar no estado de Israel.


A prévia autorização indicará que o turista tem permissão para viajar e permanecer por até 90 dias no país. Apenas cidadãos israelenses ou titulares de um número de identidade israelense não precisarão solicitar o novo ETA-IL.


O governo informou que a autorização online tem o objetivo de simplificar e agilizar o processo de entrada em Israel: “a maioria dos candidatos receberá uma resposta [da autorização] imediatamente. Em certos casos, pode demorar até 72 horas.”

Nesse momento, o sistema ETA-IL está funcionando como programa piloto e, por isso, está aberto apenas para quem tem passaportes americano e alemão. Durante a fase piloto, a apresentação da candidatura será voluntária e isenta de taxas.


O sistema também ficará aberto na sua fase piloto para os brasileiros e outras nacionalidades durante o mês de julho. Após o início da exigência do ETA-IL, a taxa para solicitação será de 25 NIS (cerca de R$ 35).


Nova autorização eletrônica

Solicitação do ETA-IL


Segundo as autoridades locais, o ETA-IL pode ser solicitado a qualquer momento antes da viagem. A recomendação é que os pedidos sejam feitos pelo menos 72 horas antes do viajante fazer as compras de passagens aéreas, reservas de hotéis ou de atrações no país.


Validade do ETA-IL


De acordo com o governo, a autorização pode ser válida para várias viagens feitas em um período de até dois anos.


Essa contagem considera a data de aprovação da solicitação ou até o vencimento do passaporte do viajante, dependendo do que ocorrer primeiro.


Caso o ETA-IL expire enquanto estiver em Israel, isso não prejudicará a partida do viajante.


Preenchimento do ETA-IL


Tenha atenção ao preencher seu formulário de solicitação, pois ele não poderá ser corrigido após ser enviado ao governo israelense.


Quem precisa do ETA-IL?


Israel não exige visto B2 para a entrada de brasileiros no país, por isso, quem tiver passaporte brasileiro deverá preencher um formulário ETA-IL. Veja a lista de países que exigem visto.


Passo a passo ETA-IL

1. Confira o que você precisa


  • Passaporte emitido por um país isento de visto, válido durante a sua estadia;

  • Endereço de e-mail válido;

  • Método de pagamento válido Visa, Mastercard ou American Express para o pagamento da taxa 25NIS (R$ 35).


2. Inscreva-se no ETA-IL


  • Preencha o formulário de inscrição ETA-IL;

  • Certifique-se de que as informações fornecidas são precisas

  • Pague a taxa de 25 NIS (durante o período piloto a aplicação será gratuita);

  • Envie sua aplicação.


3. Aguarde sua resposta


  • Assim que sua inscrição for concluída, o governo de Israel entrará em contato com você pelo do e-mail informado;

  • A maioria dos candidatos receberá uma resposta imediatamente;

  • Em certos casos, pode demorar até 72 horas. Se você não receber uma resposta, verifique sua caixa de entrada, incluindo spam/lixo eletrônico.


4. Receba sua resposta


  • Se o seu pedido ETA-IL for aprovado:

Você receberá um e-mail com seu número ETA-IL, a data de início e os termos e condições. Mantenha uma cópia desta mensagem com você durante a sua estadia em Israel;


  • Se houver perguntas adicionais:

Você receberá um e-mail pedindo por mais informações;


  • Se o seu pedido de ETA-IL for negado:

Você receberá um e-mail com o status da sua inscrição. O governo aconselha que, nesse caso, você entre em contato com a central de ajuda para obter informações adicionais.


Turismo em Israel

De acordo com o Ministério do Turismo de Israel, o turismo de Israel está em retomada, e o Aeroporto Internacional Ben Gurion está operando normalmente.


A maioria das cidades do país, como Tel Aviv, Jerusalém, Mar Morto, Negev e Galiléia, estão completamente ativas, com todas as atrações turísticas abertas ao público, segundo o ministério.



O Diretor-Geral Adjunto do Ministério do Turismo de Israel, Pini Shani, disse que o país tem recebido milhares de turistas nas últimas semanas, os quais demostram o “apoio ao povo israelense e sua crença em um futuro pacífico.”


“A segurança dos turistas é nossa principal prioridade. Israel é um país seguro para se visitar, e todas as áreas turísticas são rigorosamente monitoradas para garantir a segurança dos nossos visitantes”, afirmou.


Informação: Melhores Destinos

0 comentário

Comments


site_marencanto.png
Senai_Futuro_Digital.jpg
site_marencanto.png
WebBanner_300x300_Buriti.jpg
bottom of page