top of page

PUBLICIDADE

educacao.gif

Notícias

MTur e empresas aéreas apresentam malha de voos com 94 rotas para a alta temporada de verão

Ministro Celso Sabino destaca a disponibilidade de mais opções de ligação com os destinos nacionais, facilitando o deslocamento de viajantes a todas as regiões do país

Um evento nesta quarta-feira (25.10), em Brasília (DF), marcou a apresentação da nova malha aérea regular da alta temporada de verão no Brasil. Ao todo serão 94 novos voos - sendo 81 nacionais e 13 ligando destinos internacionais ao Brasil. A apresentação das novas rotas foi feita pelo ministro do Turismo, Celso Sabino, e por representantes da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) e das companhias aéreas Azul, Gol, Latam e Voepass.


Os novos voos vão ligar principalmente a destinos da região Nordeste, seguidos de localidades do Sudeste, do Sul, do Norte e do Centro-Oeste. Os voos chegarão a 43 destinos de 17 Unidades da Federação, com destaque para os estados da Bahia, de São Paulo, de Alagoas, do Rio Grande do Norte, do Amazonas, da Paraíba e de Pernambuco, entre outros.


O ministro do Turismo, Celso Sabino, destacou os esforços do governo federal e das companhias aéreas pelo aumento da conectividade no Brasil. “Este é mais um resultado da parceria do poder público com a iniciativa privada no sentido de proporcionar que mais brasileiros cheguem a destinos nacionais, que, cabe frisar, já são atendidos por outros voos. E significa, também, o aumento da conectividade aérea com outros países, permitindo, ainda, o reforço da chegada de estrangeiros ao território nacional”, observou.


Do total de novas rotas, três delas, operadas pela Azul, envolvem destinos que não possuíam voos regulares até então. São elas: Linhares-ES (Belo Horizonte-Linhares); Araxá-MG (Araxá para Uberaba-MG) e Comandatuba-BA (Comandatuba para Campinas-SP). Anteriormente, estes destinos eram atendidos apenas por aeronaves particulares ou de fretamento.


Presente ao evento, o ministro de Portos e Aeroportos, Sílvio Costa Filho, apontou o empenho pelo aumento do número de viagens aéreas no país. “A gente precisa incluir mais brasileiros na aviação brasileira. Então, hoje é um momento de celebrar. Contem com o apoio do nosso Ministério, do presidente Lula, que quer colocar de fato o povo para viajar o Brasil, para a gente gerar emprego e renda”, declarou o ministro.


Já a presidente da ABEAR, Jurema Monteiro, agradeceu a colaboração do governo federal ao desenvolvimento da aviação civil. “Desde a posse do ministro Celso e do ministro Silvio, temos intensificado o diálogo com o governo federal, buscando identificar medidas importantes para o desenvolvimento do setor. Um ambiente mais competitivo, para que a gente possa cumprir a nossa missão: voar mais, para mais destinos, transportar mais passageiros”, comentou.


EMPRESAS - A Azul será responsável por 43 rotas regulares de ida e volta, que vão ligar principalmente a destinos do Nordeste, seguidos de localidades do Sudeste, do Sul, do Norte e do Centro-Oeste. As novas operações chegarão a 17 UFs, com destaque para os estados da Bahia, São Paulo, Alagoas, Rio Grande do Norte Amazonas, Paraíba e Pernambuco.


Letícia Schmitz, analista de Relações Institucionais da Azul, enfatizou a atenção da companhia à região Nordeste do país e enalteceu o apoio dos ministros do Turismo e de Portos e Aeroportos ao setor aéreo. “Fica claro como o Nordeste tem se mostrado relevante para o setor de turismo brasileiro. Quero deixar registradas as congratulações ao trabalho dos ministros, pelos seus serviços em tão pouco tempo. Já percebemos o empenho pelo desenvolvimento do setor e a busca por caminhos para crescimento e fortalecimento do turismo”, afirmou.


Já as 33 novas rotas da Gol vão partir de 12 estados com destino a outras 15 UFs, envolvendo ligações como de Belo Horizonte (MG) para Fortaleza (CE), João Pessoa (PB) e Rio de Janeiro (RJ); de Porto Alegre (RS) para Salvador (BA) e Vitória (ES) e de São Paulo (SP) para Maceió (AL), João Pessoa (PB) e Natal (RN).


O diretor executivo de Planejamento da Gol, Matheus Pongeluppi, frisou o compromisso da empresa com a ampliação da malha aérea. “São 200 mil assentos a mais nesta temporada no Nordeste brasileiro que a Gol está trazendo. A gente enxerga números potenciais muito maiores, a gente tem dividido isso com as autoridades e aproveito para agradecer todo o respaldo que a gente tem tido. Isso tudo é um singelo passo de uma jornada muito promissora”, observou.


No caso da Latam, 11 voos vão partir de 08 UFs para 4 estados: Amazonas, Pernambuco, Rio Grande do Norte e São Paulo. Os destaques abrangem rotas do Rio de Janeiro (RJ) para Manaus (AM), Natal (RN) e Recife (PE); de Sinop (MT) para São Paulo (SP) e de Porto Velho (RO) para Manaus (AM).


A diretora de Relações Institucionais da Latam, Maria Elisa Curcio, celebrou o suporte federal e sublinhou o trabalho de recuperação no período pós-pandemia. “A gente gostaria de agradecer o apoio dos ministérios e da Associação (ABEAR). A Latam tem compromisso com o Brasil e, desde a pandemia, um desafio para todos nós, fizemos a lição de casa, organizamos a nossa empresa e, com isso, a gente consegue trazer hoje o resultado de um crescimento”, disse.


Já as novas rotas de ida e volta da Voepass vão partir do Ceará, de Pernambuco, do Rio Grande do Norte e de São Paulo. Haverá ligações a destinos de Minas Gerais, Paraíba e Rio Grande do Norte, como de Fortaleza (CE) para Campina Grande (PB) e Mossoró (RN) e de Recife (PE) para Campina Grande (PB) e Natal (RN).


O diretor de Marketing e Vendas da Voespass, Miguel El Debs, comemorou avanços com a parceria junto ao poder público. “O suporte que vem sendo dado pelo Ministério do Turismo tem gerado grande oportunidade para as empresas aéreas, que conseguem planejar o crescimento de suas operações. Então, aproveitando o bom momento que tem passado o turismo no Brasil, a gente reforça a nossa malha”, destacou.


A Abaeté, por sua vez, terá uma nova rota ligando Salvador (BA) a Boipeba, na Bahia, com a operação de fretamento de aeronaves passando a ser regular para o destino.


INTERNACIONAIS - Outras 13 rotas anunciadas nesta quarta-feira terão como destino o Chile, a Argentina, os Estados Unidos, o Peru, o Uruguai e a África. A Latam terá 06 ligações: de Porto Alegre (RS), Belo Horizonte (MG) e Florianópolis (SC) para Santiago, no Chile; de Brasília (DF) para Lima, no Peru; de São Paulo (SP) para Los Angeles (Estados Unidos) e, também, para Joanesburgo (África).


Já a Gol vai operar 04 rotas internacionais: de Porto Seguro (BA), Brasília e Belo Horizonte (MG) a Buenos Aires, na Argentina; do Rio de Janeiro (RJ) para Montevidéu, no Uruguai, e de Manaus para Miami (EUA). A Gol será responsável, ainda, por 01 rota proveniente da Argentina, ligando Buenos Aires a Fortaleza (CE).


REFORÇO - As novas rotas aéreas são um desdobramento do programa “Conheça o Brasil: Voando”, lançado recentemente pelo Ministério do Turismo e o Ministério de Portos e Aeroportos, em parceria com a ABEAR e empresas aéreas, para impulsionar o setor de viagens no país.


A Iniciativa une esforços do governo federal e da iniciativa privada para que mais brasileiros voem e conheçam o Brasil, com a adoção de benefícios como o Stopover. A modalidade, já oferecida pela Gol e a Latam em Brasília (DF), permite que, com apenas uma passagem aérea, clientes conheçam uma localidade intermediária antes de seguir viagem ao destino final.


Informação: Ministério do Turismo

0 comentário

Comments


site_marencanto.png
Senai_Futuro_Digital.jpg
site_marencanto.png
WebBanner_300x300_Buriti.jpg
bottom of page