top of page

PUBLICIDADE

educacao.gif

Notícias

Park temático maranhense abraça cultura local e terá expansão em 2024

Valparaíso Adventure Park, em Paço do Luminar, é o maior parque aquático do Maranhão e ganhará complexo para hospedagens



O parque temático Valparaíso Adventure Park, que combina atrações aquáticas e radicais, está localizado no município de Paço do Lumiar, na ilha de São Luís — cujo nome original é Upaon-Açu — no Maranhão . Ele se destaca pela experiência que proporciona aos visitantes, pela preservação da fauna e flora local, e pela cultura maranhense.


Antes de se tornar o parque Valparaíso, o local era apenas um pesque e pague e restaurante, inaugurado em 2006. Anos mais tarde, em 2009, surgiu o parque aquático e, em 2019, o parque temático. A tirolesa foi a atração que trouxe a nova identidade da marca. No entanto, o nome Valparaíso Adventure Park só surgiu em 2021, após um rebranding.


Em 2024, mais uma grande mudança está a caminho: a criação do Valparaíso Villas Resort, com 160 apartamentos, que compartilhará o espaço com a atual estrutura do parque. Ambos estarão imersos em sete hectares de reserva florestal.


Para Pablo Madeira, diretor-administrativo do Valparaíso, o objetivo do projeto é proporcionar ainda mais conforto aos visitantes e associados. “Com a expansão, os turistas terão mais comodidade sem precisar sair do complexo. O Valparaíso Adventure Park será um lugar onde se encontrará de tudo, inclusive acomodação”, afirma.


Com a novidade, o Valparaíso Adventure Park estima receber 40 mil hóspedes por ano apenas no hotel. Em 2023, o parque recebeu 400 mil visitantes e, atualmente, o empreendimento é considerado um dos maiores no segmento de aventuras no Brasil. No Maranhão, é o maior parque aquático do estado.


O projeto hoteleiro é de responsabilidade do arquiteto e urbanista Edu Manzano, em parceria com Carlos Mauad, que também idealizou empreendimentos como o Hot Park , no Rio Quente (GO); Enotel, em Porto de Galinhas (PE); e Mabu, em Foz do Iguaçu (PR).


O complexo de hospedagem será entregue em fases, e a primeira deve ficar pronta até o final de 2024, com quatro blocos e 64 apartamentos. Cada bloco homenageará vilas históricas do Maranhão, como Vila do Paço, Vila São José, Vila Guimarães e Vila Awá-Guajá.


Além disso, o investimento direto e indireto está estimado em cerca de R$ 40 milhões, com recursos próprios e financiamento via Banco do Nordeste do Brasil. José Carlos Madeira, fundador do Valparaíso, também acredita que com a mudança, não apenas a região de Paço do Lumiar poderá se beneficiar, mas toda a ilha de São Luís. Além de São Luís, estão localizados em Upaon-Açu os municípios de Raposa, São José de Ribamar e Paço do Lumiar.


Valparaíso: de chácara a atração turística



A família do advogado José Carlos Madeira, hoje juiz federal aposentado, adquiriu a área onde atualmente se encontra o Valparaíso em 1999, denominando-a Chácara São José do Valparaíso. Com este nome, os proprietários pretendiam homenagear São José, padroeiro do município de São José de Ribamar, e Pablo Neruda, poeta admirado pela família Madeira.


Lugares emblemáticos que representam o Chile e o poeta Pablo Neruda são espalhados pelo cenário do parque, como uma placa da Ruta 68 que aparece no trajeto entre a entrada do parque e as atrações; o túnel Lo Prado; a piscina de ondas que recebe o nome Isla Negra; e um dos restaurantes, o Dom Neruda.


No entanto, o cenário não recebe influências apenas internacionais. O Valparaíso consegue abarcar diversas características da família que o originou. Por isso, é possível notar a identidade local bastante presente, desde o mascote até o nome dos atrativos. No parque, é possível ainda observar vários animais nativos, como bichos-preguiça e pássaros — e a família Madeira não quer que isso mude.


Atrações



Atualmente, com 13 atrações, dois restaurantes e uma lanchonete, o local é um ponto turístico de relevância na região. As atrações do parque recebem nomes de expressões do cotidiano maranhense, como Zilado, Invocado, Dále, Rambora e Toboéeeguas. Além disso, o mascote é um macaco-prego, bastante comum nas proximidades de Valparaíso.


Entre os destaques estão a tirolesa, que possui um percurso de 220 m que passa sobre a reserva florestal; e a Isla Negra, uma piscina de ondas com borda de areia natural e dimensões de 65 m de largura, 73,70 m de comprimento e capacidade para 1,8 milhões de litros de água.


Juliana Teles, natural de Teresina, se juntou a alguns amigos para visitar o Valparaíso pela primeira vez e, em entrevista ao iG Turismo , disse que amou a experiência. “Acabei de descer da tirolesa, e foi uma experiência incrível, mas também já fui em outras atrações do parque”, compartilha ela, que no dia chegou ao local no horário de abertura do parque, às 10h.


Diferentemente de Juliana, Bruna Carolina já está acostumada a ir ao Valparaíso, pois já visitou o local diversas vezes. Natural de São Luís, ela conta que vai ao complexo para aproveitar os feriados da cidade. “Os momentos de celebração na nossa vida também se tornam motivos para a gente vir pra cá”, diz ela, que estava acompanhada do parceiro.


As outras atrações do parque são:


Boradescer: toboágua que possui tecnologia turca e custou cerca de R$ 2 milhões;

Arventura: circuito de arvorismo com quase 200 m de comprimento com 10 tipos de obstáculos distribuídos por todo o percurso;

Invocado: rampa aquática onde o visitante desce por uma boia acompanhado por outra pessoa;

Zilado: toboágua com um trajeto maior e que desce super-rápido. São 15 m de altura e uma descida que causa arrepio;

Dalé: voltado para as crianças que ficam na piscina, e o nome está relacionado à virada do balde no público;

Acquarena: uma travessia cheia de desafios e diversão, como em um picadeiro de circo;

Rio Preguiças: o nome representa a natureza lenta e relaxante do brinquedo. Rio Preguiças possui três cachoeiras ao longo de todo o percurso e o visitante percorre ele sobre uma boia;

Toboéeeguas: toboágua de 12 m de altura que também tem uma descida rápida;

Rambora: junção das palavras "rampa" + "bora". É uma rampa aquática de 7 m;

Piquenolândia: terra dos pequenos, ou no "maranhês" "piquenos". O brinquedo apresenta aventuras com escorregadores de animais e um toboágua superdivertido;

Ilha dos Mistérios: a Ilha dos Mistérios é um dos muitos codinomes da ilha de São Luís. Na atração, o navio pirata ornamenta a área da piscina;

Restaurantes: Dom Neruda e Dom Maranhão. Dom Neruda oferece self-service, enquanto o Dom Maranhão serve pratos típicos. A Lanchonete também é uma opção para a alimentação.


SERVIÇO


Valparaíso Adventure Park


Local: R. Principal da Pindoba, 3 - Pindoba, Paço do Lumiar, Maranhão

Horários: dezembro — aberto de quinta a domingo e feriados, de 10h às 17h;

Férias de janeiro e julho — aberto diariamente, de 10h às 17h

Ingressos: “day use” por R$ 74,86 ou assinaturas anuais por R$ 24,97 ao mês

Para mais informações, acesse o site oficial .


Informação: iG Turismo

0 comentário

Kommentare


site_marencanto.png
Senai_Futuro_Digital.jpg
site_marencanto.png
WebBanner_300x300_Buriti.jpg
bottom of page